Citrix Virtual Apps and Desktops

Gerenciar catálogos de máquinas

Introdução

Você pode adicionar ou remover máquinas a partir de um catálogo de máquinas, renomear, alterar a descrição ou gerenciar contas de computador do Active Directory de um catálogo.

A manutenção de catálogos também pode incluir garantir que cada máquina tenha as atualizações mais recentes do sistema operacional. Inclusive atualizações antivírus, atualizações do sistema operacional ou alterações de configuração.

  • Catálogos contendo máquinas em pool aleatórias criadas usando o Machine Creation Services (MCS) fazem a manutenção das máquinas atualizando a imagem mestre usada no catálogo e, depois, atualizando as máquinas. Esse método permite que você atualize eficientemente um grande número de máquinas de usuário.
  • Para máquinas criadas usando o Citrix Provisioning, as atualizações das máquinas são propagadas por meio do disco virtual. Consulte a documentação do Citrix Provisioning para obter detalhes.
  • Para catálogos contendo máquinas estáticas e permanentemente atribuídas e para catálogos de máquinas de Remote PC Access, as atualizações de máquinas de usuários são realizadas fora do Studio. Usando ferramentas de distribuição de software de terceiros, execute a tarefa individualmente ou coletivamente.

Para obter informações sobre como criar e gerenciar conexões com hipervisores de host, consulte Conexões e recursos.

Nota:

O MCS não suporta o Windows 10 IoT Core e Windows 10 IoT Enterprise. Consulte o site da Microsoft para obter mais informações.

Sobre instâncias persistentes

Ao atualizar um catálogo MCS criado usando instâncias persistentes ou dedicadas, as novas máquinas criadas para o catálogo usam a imagem atualizada. As instâncias pré-existentes continuam a usar a instância original. O processo de atualização de uma imagem é feito da mesma maneira para todos os outros tipos de catálogo. Considere o seguinte:

  • Em catálogos de discos persistentes, as máquinas pré-existentes não são atualizadas com a nova imagem, mas todas as novas máquinas adicionadas ao catálogo usam a nova imagem.
  • Em catálogos de discos não permanentes, a imagem da máquina é atualizada na próxima vez que a máquina for redefinida.
  • Em catálogos de máquinas persistentes, atualizar a imagem também atualiza as instâncias do catálogo que usam a imagem.
  • Em catálogos que não persistem, se você quiser ter imagens diferentes para máquinas diferentes, as imagens devem residir em catálogos separados.

Antes de começar:

  • Certifique-se de que o host de virtualização tem processadores, memória e armazenamento suficientes para acomodar as máquinas adicionais.
  • É necessário ter contas de computador do Active Directory não utilizadas em quantidade suficiente. Se estiver usando contas existentes, o número de máquinas que você pode adicionar é limitado pelo número de contas disponíveis.
  • Se usar o Studio para criar contas de computador do Active Directory para as máquinas adicionais, você precisa ter permissão apropriada de administrador de domínio.

Para adicionar máquinas a um catálogo:

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo de máquina e, em seguida, selecione Add machines no painel Actions.
  3. Selecione o número de máquinas virtuais a serem adicionadas.
  4. Se não houver contas existentes do Active Directory suficientes para o número de VMs que você está adicionando, selecione o domínio e o local onde as contas são criadas. Especifique um esquema de nomenclatura de conta usando marcas de hash para indicar onde os números ou letras sequenciais aparecem. Não use barra (/) no nome de uma unidade organizacional. Um nome não pode começar com um número. Por exemplo, um esquema de nomenclatura de PC-Sales-## (com 0-9 selecionado) resulta em contas de computador com os nomes PC-Sales-01, PC-Sales-02, PC-Sales-03 e assim por diante.
  5. Se você usar contas existentes do Active Directory, navegue até as contas ou clique em Import e especifique o arquivo .csv que contém o nome das contas. Verifique se há contas suficientes para todas as máquinas que você está adicionando. O Studio gerencia essas contas. Permita que o Studio redefina as senhas de todas as contas ou especifique a senha da conta, que deve ser a mesma para todas as contas.

As máquinas são criadas como um processo em segundo plano, podendo levar bastante tempo quando muitas máquinas são criadas. A criação da máquina continua mesmo se você fechar o Studio.

Depois de excluir uma máquina de um catálogo de máquinas, os usuários não podem mais acessá-la, portanto, antes de excluir uma máquina, certifique-se de que:

  • Foi feito backup dos dados do usuário ou os dados não são mais necessários.
  • Todos os usuários fizeram logoff. Ativar o modo de manutenção impede que sejam estabelecidas novas conexões a uma máquina.
  • As máquinas estão desligadas.

Para excluir máquinas de um catálogo:

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione View Machines no painel Actions.
  3. Selecione uma ou mais máquinas e, em seguida, selecione Delete no painel Actions.

Escolha se deseja excluir as máquinas que estão sendo removidas. Se você optar por excluir as máquinas, indique se as contas do Active Directory dessas máquinas serão mantidas, desativadas ou excluídas.

Alterar uma descrição de catálogo ou alterar as configurações do Remote PC Access

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Edit Machine Catalog no painel Actions.
  3. Para o catálogo do Remote PC Access, use a página Power Management para alterar as configurações de gerenciamento de energia e selecionar uma conexão de gerenciamento de energia. Na página Organizational Units, adicione ou remova unidades organizacionais do Active Directory.
  4. Na página Description, altere a descrição do catálogo.
  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Rename Machine Catalog no painel Actions.
  3. Digite o novo nome.

Mover um catálogo para uma zona diferente

Se a sua implantação tiver mais de uma zona, você pode mover um catálogo de uma zona para outra.

Mover um catálogo para uma zona que não seja a do hipervisor que contém as VMs no catálogo afeta o desempenho.

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Move no painel Actions.
  3. Selecione a zona para onde deseja mover o catálogo.

Antes de excluir um catálogo, certifique-se de que:

  • Todos os usuários fizeram logoff e não há sessões desconectadas em execução.
  • O modo de manutenção está ativado para todas as máquinas do catálogo, de modo que novas conexões não possam ser estabelecidas.
  • Todas as máquinas do catálogo estão desligadas.
  • O catálogo não está associado a um grupo de entrega. Em outras palavras, o grupo de entrega não contém máquinas do catálogo.

Para excluir um catálogo:

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Delete Machine Catalog no painel Actions.
  3. Indique se as máquinas no catálogo devem ser excluídas. Se você optar por excluir as máquinas, indique se as contas de computador do Active Directory dessas máquinas serão mantidas, desativadas ou excluídas.

Para gerenciar contas do Active Directory em um catálogo de máquina, você pode:

  • Liberar contas de máquina não utilizadas removendo contas de computador do Active Directory dos catálogos de SO de sessão única e SO multissessão. Essas contas poderão ser usadas para outras máquinas.
  • Adicionar contas para que, quando mais máquinas forem adicionadas ao catálogo, as contas de computador já estejam em vigor. Não use barra (/) no nome de uma unidade organizacional.

Para gerenciar contas do Active Directory:

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Manage AD accounts no painel Actions.
  3. Escolha se deseja adicionar ou excluir contas de computador. Se você adicionar contas, especifique o que fazer com as senhas das contas: redefinir todas elas ou inserir uma senha que se aplique a todas as contas.

    Você pode redefinir as senhas se não souber as senhas da conta atual, mas deve ter permissão para executar uma redefinição de senha. Ao inserir uma senha, a senha é alterada nas contas à medida que elas são importadas. Ao excluir uma conta, escolha se a conta no Active Directory deve ser mantida, desativada ou excluída.

Indique se as contas do Active Directory serão mantidas, desativadas ou excluídas quando você remover máquinas de um catálogo ou excluir um catálogo.

Recomendamos que você salve cópias ou instantâneos de imagens mestre antes de atualizar as máquinas no catálogo. O banco de dados mantém um registro histórico das imagens mestre usadas com cada catálogo de máquinas. Reverta as máquinas em um catálogo para usar a versão anterior da imagem mestre. Execute esta tarefa se os usuários encontrarem problemas com atualizações implantadas em suas áreas de trabalho. Isso minimiza o tempo de inatividade do usuário. Não exclua, mova ou renomeie imagens mestre. Não é possível reverter um catálogo para usá-las.

No caso de catálogos que usam o Citrix Provisioning (anteriormente Provisioning Services), você deve publicar um novo disco virtual para aplicar alterações ao catálogo. Para obter detalhes, consulte a documentação do Citrix Provisioning.

Depois que uma máquina é atualizada, ela reinicializa automaticamente.

Atualizar ou criar uma imagem mestre

Antes de atualizar o catálogo da máquina, atualize uma imagem mestre existente ou crie uma no hipervisor do host.

  1. No hipervisor, tire um instantâneo da VM atual e dê um nome significativo ao instantâneo. Esse instantâneo pode ser usado para reverter máquinas no catálogo, se necessário.
  2. Se necessário, ligue a imagem mestre e faça logon.
  3. Instale atualizações ou faça as alterações necessárias na imagem mestre.
  4. Desligue a VM.
  5. Tire um instantâneo da VM. Dê a ele um nome significativo que seja facilmente reconhecido quando o catálogo for atualizado no Studio. Embora o Studio possa criar um instantâneo, a Citrix recomenda que você o crie usando o console de gerenciamento do hipervisor. Em seguida, selecione o instantâneo no Studio. Esse processo permite que você forneça um nome e uma descrição significativos em vez de um nome gerado automaticamente. Para imagens mestre de GPU, você pode alterar a imagem mestre somente por meio do console Citrix Hypervisor.

Para preparar e distribuir a atualização para todas as máquinas em um catálogo:

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Update Machines no painel Actions.
  3. Na página Master Image, selecione o host e a imagem que você deseja implantar.
  4. Na página Rollout Strategy, escolha quando as máquinas no catálogo de máquinas serão atualizadas com a nova imagem mestre: no próximo desligamento ou imediatamente.
  5. Verifique as informações na página Summary e clique em Finish. Cada máquina reinicializa automaticamente depois de ser atualizada.

Ao atualizar um catálogo usando o PowerShell SDK diretamente, em vez do Studio, especifique um modelo de hipervisor (VMTemplates). Use isso como alternativa a uma imagem ou instantâneo de uma imagem.

Estratégia de implantação:

A atualização da imagem no próximo desligamento afetará imediatamente todas as máquinas que não estejam em uso no momento, ou seja, máquinas que não têm uma sessão de usuário ativa. Um sistema que está em uso recebe a atualização quando a sessão ativa atual termina. Considere o seguinte:

  • Novas sessões não podem ser iniciadas até que a atualização seja concluída nas máquinas aplicáveis.
  • No caso de máquinas de SO de sessão única, as máquinas são imediatamente atualizadas quando não estão em uso ou quando os usuários não estão conectados.
  • No caso de um SO de sessão única com máquinas secundárias, as reinicializações não ocorrem automaticamente. Elas devem ser desligadas e reinicializadas manualmente.

Dica:

Limite o número de máquinas reinicializadas usando as configurações avançadas de uma conexão de host. Use essas configurações para modificar as ações tomadas para um determinado catálogo; as configurações avançadas variam dependendo do hipervisor.

Se você optar por atualizar a imagem imediatamente, configure um intervalo de distribuição e as notificações.

  • Distribution time: opte por atualizar todas as máquinas ao mesmo tempo ou especifique o intervalo total de tempo para começar a atualizar todas as máquinas no catálogo. Um algoritmo interno determina quando cada máquina é atualizada e reinicializada durante esse intervalo.
  • Notification: no menu suspenso de notificação à esquerda, escolha se deseja exibir uma mensagem de notificação nas máquinas antes de começar uma atualização. Por padrão, nenhuma mensagem é exibida. Opte por exibir uma mensagem 15 minutos antes do início da atualização. Escolha também se deseja repetir a mensagem a cada cinco minutos após a mensagem inicial. Por padrão, a mensagem não é repetida. A menos que você opte por atualizar todas as máquinas ao mesmo tempo, a mensagem de notificação é exibida em cada máquina, no exato momento antes do início da atualização.

Reversão de uma atualização

Depois de implantar uma imagem mestre atualizada/nova, você pode revertê-la. Esse processo pode ser necessário se ocorrerem problemas com as máquinas recentemente atualizadas. Quando você faz a reversão, as máquinas no catálogo voltam para a última imagem funcional. Os novos recursos que exigem a imagem mais recente não estarão mais disponíveis. Tal como acontece com a implantação, a reversão de uma máquina inclui uma reinicialização.

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione um catálogo e, em seguida, selecione Rollback machine update no painel Actions.
  3. Especifique quando aplicar às máquinas a imagem mestre anterior, conforme descrito na seção anterior sobre a operação de implantação.

A reversão é aplicada apenas a máquinas que precisam ser revertidas. As máquinas que não foram atualizadas com a imagem mestre nova/atualizada não recebem mensagens de notificação e não são forçadas a fazer logoff.

Atualizar um catálogo ou reverter uma atualização

Atualize o catálogo de máquinas depois de atualizar os VDAs nas máquinas para uma versão mais recente. A Citrix recomenda atualizar todos os VDAs para a versão mais recente para permitir o acesso a todos os recursos novos.

Antes de atualizar um catálogo:

  • Se você estiver usando o Citrix Provisioning, atualize a versão do VDA. O console de provisionamento não retém a versão do VDA. O Citrix Provisioning se comunica diretamente com o assistente de instalação do Citrix Virtual Apps and Desktops para definir a versão do VDA no catálogo criado.

  • Inicie as máquinas atualizadas para que elas se registrem no Controller. Esse processo permite que o Studio determine se as máquinas no catálogo precisam ser atualizadas.

Para atualizar um catálogo:

  1. Selecione Machine Catalogs no painel de navegação do Studio.
  2. Selecione o catálogo. A guia Details no painel inferior exibe informações da versão
  3. Selecione Upgrade Catalog. Se o Studio detectar que o catálogo precisa de atualização, ele exibe uma mensagem. Siga as instruções. Se uma ou mais máquinas não puderem ser atualizadas, uma mensagem explica o motivo. A Citrix recomenda que você resolva problemas de máquina antes de atualizar o catálogo para garantir que todas as máquinas funcionem corretamente.

Após a conclusão da atualização do catálogo, você pode reverter as máquinas para suas versões anteriores do VDA selecionando o catálogo e escolhendo Undo no painel Actions.

Atualizar máquinas provisionadas para o estado atual do esquema de provisionamento

Set-ProvScheme altera o esquema de provisionamento. No entanto, isso não afeta as máquinas existentes. Usando o comando Request-ProvVMUpdate, agora você pode aplicar o esquema de provisionamento atual a uma máquina persistente ou não persistente existente ou a um conjunto de máquinas. Atualmente, a atualização de propriedade suportada por esse recurso é ServiceOffering.

Você pode atualizar:

  • Uma única VM.
  • Uma lista de VMs específicas ou todas as VMs existentes associadas a um ID de esquema de provisionamento.
  • Uma lista de VMs específicas ou todas as VMs existentes associadas a um nome de esquema de provisionamento.

Para atualizar as VMs existentes:

  1. Verifique a configuração das máquinas existentes. Por exemplo,

    ProvScheme | select ProvisioningSchemeName, ProvisioningSchemeVersion
    <!--NeedCopy-->
    
  2. Atualize o esquema de provisionamento. Por exemplo,

    ProvisioningSchemeName “my-catalog” –ServiceOffering “Standard_D16_v3”
    <!--NeedCopy-->
    
  3. Solicitar atualização para máquinas existentes. Por exemplo:

    • Para atualizar todas as máquinas existentes:

       Request-ProvVMUpdate –ProvisioningSchemeName “my-catalog”
       Get-ProvVM | select VMName,
       ProvisioningSchemeUpdateRequested, ProvisioningSchemeVersion
       <!--NeedCopy-->
      
    • Para atualizar uma lista de máquinas específicas:

       Request-ProvVMUpdate -ProvisioningSchemeName "my-catalog" -VMName "vm1","vm2"
       Get-ProvVM | select VMName,
       ProvisioningSchemeVersion
       <!--NeedCopy-->
      
    • Para atualizar máquinas com base na entrada de Get-ProvVM:

       Get-ProvVM -ProvisioningSchemeName "my-catalog" | Request-ProvVMUpdate
       Get-ProvVM | select VMName,
       ProvisioningSchemeVersion
       <!--NeedCopy-->
      
  4. Reinicialize as máquinas. Na próxima inicialização, o ProvisioningSchemeVersion nas máquinas será atualizado para corresponder à versão atual do esquema de provisionamento e o campo ProvisioningSchemeUpdateRequested será limpo.

Solução de problemas

Para máquinas que apresentam o status “Power State Unknown”, consulte CTX131267 para obter instruções.