Citrix Virtual Apps and Desktops

Ambientes de virtualização do VMware

Siga estas instruções se você usa VMware para fornecer máquinas virtuais.

Instale o vCenter Server e as ferramentas de gerenciamento apropriadas. (Não há suporte para a operação Linked Mode do vSphere vCenter.)

Se você planeja usar o MCS, não desative o recurso Datastore Browser no vCenter Server (descrito em https://kb.vmware.com/selfservice/microsites/search.do?language=en_US&cmd=displayKC&externalId=2101567). Quando você desativa esse recurso, o MCS não trabalha corretamente.

Você pode usar o Citrix Provisioning (anteriormente Provisioning Services) e Machine Creation Services para provisionar:

  • BIOS legado para VMs com SO de área de trabalho ou servidor compatíveis.
  • UEFI para VMs com SO de área de trabalho ou servidor compatíveis, incluindo Inicialização Segura.

Privilégios necessários

Crie uma conta de usuário da VMware e uma ou mais funções de VMware. Baseie a criação dessas funções no nível de granularidade de que precisa para atribuir permissões de usuários. Defina os privilégios para cada função, usando a lista de permissões do vCenter que o Citrix Virtual Apps and Desktops precisa para realizar as operações.

Para conceder permissões a um usuário, associe o usuário à função no nível do data center. Para obter mais informações sobre como definir permissões no vCenter, consulte a documentação do VMware.

As tabelas a seguir mostram os mapeamentos entre as operações do Citrix Virtual Apps and Desktops e os privilégios mínimos necessários do VMware.

Nota:

O nome de exibição da lista de permissões, especificamente User Interface, é diferente em algumas versões do vSphere. Por exemplo, no vSphere 6.7 a permissão User Interface é Change Memory e Change Settings, em lugar de Settings e Memory conforme descrito nos privilégios necessários observados nesta página.

Adicionar conexões e recursos

SDK Interface de usuário
System. Anonymous, System. Read e System.View Adicionada automaticamente. Pode usar a função somente leitura interna.

Gerenciamento de energia

SDK Interface de usuário
VirtualMachine.Interact.PowerOff Virtual machine > Interaction > Power Off
VirtualMachine.Interact.PowerOn Virtual machine > Interaction > Power On
VirtualMachine.Interact.Reset Virtual machine > Interaction > Reset
VirtualMachine.Interact.Suspend Virtual machine > Interaction > Suspend

Provisionar máquinas (Machine Creation Services)

Para provisionar máquinas usando o MCS, as seguintes permissões são obrigatórias:

SDK Interface de usuário
Datastore.AllocateSpace Datastore > Allocate space
Datastore.Browse Datastore > Browse datastore
Datastore.FileManagement Datastore > Low level file operations
Network.Assign Network > Assign network
Resource.AssignVMToPool Resource > Assign virtual machine to resource pool
VirtualMachine.Config.AddExistingDisk Virtual machine > Configuration > Add existing disk
VirtualMachine.Config.AddNewDisk Virtual machine > Configuration > Add new disk
VirtualMachine.Config.AdvancedConfig Virtual machine > Configuration > Advanced
VirtualMachine.Config.RemoveDisk Virtual machine > Configuration > Remove disk
VirtualMachine.Config.CPUCount Virtual machine > Configuration > Change CPU count
VirtualMachine.Config.Memory Virtual machine > Configuration > Change memory
VirtualMachine.Config.Settings Virtual machine > Configuration > Change settings
VirtualMachine.Interact.PowerOff Virtual machine > Interaction > Power Off
VirtualMachine.Interact.PowerOn Virtual machine > Interaction > Power On
VirtualMachine.Interact.Reset Virtual machine > Interaction > Reset
VirtualMachine.Interact.Suspend Virtual machine > Interaction > Suspend
VirtualMachine.Inventory.CreateFromExisting Virtual machine > Inventory > Create from existing
VirtualMachine.Inventory.Create Virtual machine > Inventory > Create new
VirtualMachine.Inventory.Delete Virtual machine > Inventory > Remove
VirtualMachine.Provisioning.Clone Virtual machine > Provisioning > Clone virtual machine
VirtualMachine.State.CreateSnapshot vSphere 5.0, Update 2, vSphere 5.1, Update 1, and vSphere 6.x, Update 1: Virtual machine > State > Create snapshot; vSphere 5.5: Virtual machine > Snapshot management > Create snapshot

Atualização e reversão da imagem

SDK Interface de usuário
Datastore.AllocateSpace Datastore > Allocate space
Datastore.Browse Datastore > Browse datastore
Datastore.FileManagement Datastore > Low level file operations
Network.Assign Network > Assign network
Resource.AssignVMToPool Resource > Assign virtual machine to resource pool
VirtualMachine.Config.AddExistingDisk Virtual machine > Configuration > Add existing disk
VirtualMachine.Config.AddNewDisk Virtual machine > Configuration > Add new disk
VirtualMachine.Config.AdvancedConfig Virtual machine > Configuration > Advanced
VirtualMachine.Config.RemoveDisk Virtual machine > Configuration > Remove disk
VirtualMachine.Interact.PowerOff Virtual machine > Interaction > Power Off
VirtualMachine.Interact.PowerOn Virtual machine > Interaction > Power On
VirtualMachine.Interact.Reset Virtual machine > Interaction > Reset
VirtualMachine.Inventory.CreateFromExisting Virtual machine > Inventory > Create from existing
VirtualMachine.Inventory.Create Virtual machine > Inventory > Create new
VirtualMachine.Inventory.Delete Virtual machine > Inventory > Remove
VirtualMachine.Provisioning.Clone Virtual machine > Provisioning > Clone virtual machine

Excluir máquinas provisionadas

SDK Interface de usuário
Datastore.Browse Datastore > Browse datastore
Datastore.FileManagement Datastore > Low level file operations
VirtualMachine.Config.RemoveDisk Virtual machine > Configuration > Remove disk
VirtualMachine.Interact.PowerOff Virtual machine > Interaction > Power Off
VirtualMachine.Inventory.Delete Virtual machine > Inventory > Remove

Perfil de armazenamento (vSAN)

Para exibir, criar ou excluir políticas de armazenamento durante a criação de catálogos em um armazenamento de dados vSAN, as seguintes permissões são obrigatórias:

SDK Interface de usuário
storage.Profile-driven storage update PROFILE-DRIVEN STORAGE > Profile-driven storage update
storage.Profile-driven storage view PROFILE-DRIVEN STORAGE > Profile-driven storage view

Marcas e atributos personalizados

As marcas e os atributos personalizados permitem que você anexe metadados às VMs criadas no inventário do vSphere e facilitam a pesquisa e a filtragem desses objetos. Para criar, editar, atribuir e excluir marcas ou categorias, as seguintes permissões são obrigatórias:

SDK Interface de usuário
Tagging.Create vSphere Tagging > Create vSphere Tag
Tagging.Create vSphere Tagging > Create vSphere Tag Category
Tagging.Edit vSphere Tagging > Edit vSphere Tag
Tagging.Edit vSphere Tagging > Edit vSphere Tag Category
Tagging.Delete vSphere Tagging > Delete vSphere Tag
Tagging.Delete vSphere Tagging > Delete vSphere Tag Category
Tagging.Assign vSphere Tagging > Assign ou Unassign vSphere Tag
Tagging.Assign vSphere Tagging > Assign ou Unassign vSphere Tag on Object
Global.ManageCustomFields Global > Manage custom attributes
Global.SetCustomField Global > Set custom attribute

Nota:

Quando o MCS cria um catálogo de máquinas, ele marca as VMs de destino com marcas de nomes especiais. Essas marcas diferenciam a imagem mestre das VMs criadas pelo MCS e evitam o uso de VMs criadas pelo MCS para preparação de imagens. Você pode identificar a diferença pelo valor do atributo XdProvisioned no vCenter. O atributo é definido como True se o MCS criar VMs.

Provisionar máquinas (Citrix Provisioning)

Todos os privilégios de Provisionar máquinas (Machine Creation Services) e o seguinte.

SDK Interface de usuário
VirtualMachine.Config.AddRemoveDevice Virtual machine > Configuration > Add or remove device
VirtualMachine.Config.CPUCount Virtual machine > Configuration > Change CPU Count
VirtualMachine.Config.Memory Virtual machine > Configuration > Memory
VirtualMachine.Config.Settings Virtual machine > Configuration > Settings
VirtualMachine.Provisioning.CloneTemplate Virtual machine > Provisioning > Clone template
VirtualMachine.Provisioning.DeployTemplate Virtual machine > Provisioning > Deploy template

Nota:

As permissões para clonar e implantar um modelo são necessárias para provisionar VMs usando o Assistente de Instalação do Citrix Virtual Apps and Desktops e o Assistente de Exportação de Dispositivos por meio do console Citrix Provisioning.

Obter e importar um certificado

Para proteger as comunicações do vSphere, a Citrix recomenda que você use HTTPS em vez de HTTP.

HTTPS requer certificados digitais. Use um certificado digital emitido por uma autoridade de certificação que atenda à política de segurança da sua organização.

Se você não conseguir usar um certificado digital emitido por uma autoridade de certificação, poderá usar o certificado autoassinado instalado pelo VMware. Use esse método somente se a política de segurança da sua organização o permitir. Adicione o certificado VMware vCenter a cada Delivery Controller.

  1. Adicione o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) do computador executando o vCenter Server ao arquivo hosts nesse servidor, em %SystemRoot%/WINDOWS/system32/Drivers/etc/. Essa etapa só é necessária se o FQDN do computador que executa o vCenter Server ainda não estiver presente no sistema de nomes de domínio.

  2. Obtenha o certificado do vCenter usando qualquer um dos três métodos a seguir:

    Do servidor vCenter.

    1. Copie o arquivo rui.crt do servidor vCenter para um local acessível em seus Delivery Controllers.
    2. No Controller, navegue até o local do certificado exportado e abra o arquivo rui.crt.

    Baixe o certificado usando um navegador da Web. Se você estiver usando o Internet Explorer, clique com o botão direito do mouse no Internet Explorer e escolha Executar como administrador para baixar ou instalar o certificado.

    1. Abra seu navegador da Web e estabeleça uma conexão da Web segura com o servidor vCenter (por exemplo, https://server1.domain1.com).
    2. Aceite os avisos de segurança.
    3. Clique na barra de endereços que exibe o erro do certificado.
    4. Examine o certificado e clique na guia Detalhes.
    5. Selecione Copiar para arquivo e exportar no formato .CER, fornecendo um nome quando solicitado.
    6. Salve o certificado exportado.
    7. Navegue até o local do certificado exportado e abra o arquivo .CER.

    Importe-o diretamente do Internet Explorer executado como administrador.

    • Abra seu navegador da Web e estabeleça uma conexão da Web segura com o servidor vCenter (por exemplo, https://server1.domain1.com).
    • Aceite os avisos de segurança.
    • Clique na barra de endereços que exibe o erro do certificado.
    • Examine o certificado.
  3. Importe o certificado para o repositório de certificados em cada um dos seus Controllers.

    1. Clique na opção Instalar certificado, selecione Máquina local e clique em Avançar.
    2. Selecione Colocar todos os certificados no repositório a seguir e clique em Procurar. Selecione Pessoas confiáveis e clique em OK. Clique em Avançar e, em seguida, clique Concluir.

    Se você alterar o nome do servidor vSphere após a instalação, será necessário gerar um novo certificado autoassinado no servidor antes de importar o novo certificado.

Considerações de configuração

Criar uma VM mestre:

Use uma VM mestre para fornecer áreas de trabalho e aplicativos de usuário em um catálogo de máquinas. No seu hipervisor:

  1. Instale um VDA na VM mestre, selecionando a opção para otimizar a área de trabalho, o que melhora o desempenho.
  2. Tire um instantâneo da VM mestre para usar como backup.

Criar uma conexão:

No assistente de criação de conexão:

  • Selecione o tipo de conexão VMware.
  • Especifique o endereço do ponto de acesso para o vCenter SDK.
  • Especifique as credenciais de uma conta de usuário do VMware que você configurou anteriormente que tenha permissões para criar VMs. Especifique o nome do usuário no formato domínio/nome de usuário.

Impressão digital SSL do VMware

O recurso de impressão digital SSL do VMware elimina a necessidade de criar manualmente uma conexão de host a um hipervisor VMware vSphere. Não é mais necessário criar manualmente uma relação de confiança entre os Delivery Controllers no site e o certificado do hipervisor antes de criar uma conexão.

O recurso de impressão digital SSL do VMware armazena a impressão digital do certificado não confiável no banco de dados do site. Essa configuração garante que o hipervisor possa ser continuamente identificado como confiável pelo Citrix Virtual Apps and Desktops, mesmo que não seja pelos Controllers.

Ao criar uma conexão de host do vSphere no Studio, uma caixa de diálogo permite visualizar o certificado da máquina à qual você está se conectando. Você pode então escolher se deve confiar nele.

Redefinir disco do sistema operacional

Use o comando PowerShell Reset-ProvVMDisk para redefinir o disco do sistema operacional de uma VM persistente em um catálogo de máquinas criado pelo MCS.

Para executar com êxito o comando PowerShell, certifique-se de que:

  • As VMs de destino estão em um catálogo persistente do MCS.
  • O catálogo de máquinas MCS está funcionando corretamente.
  • Isso implica que o esquema de provisionamento e o host existem e que o esquema de provisionamento tem entradas corretas.
  • O VMware vCenter não está no modo de manutenção.
  • As VMs de destino estão desligadas e no modo de manutenção.

Execute as seguintes etapas para redefinir o disco do sistema operacional:

  1. Abra uma janela do PowerShell.
  2. Execute asnp citrix* para carregar os módulos do PowerShell específicos à Citrix.
  3. Execute o comando Reset-ProvVMDisk do PowerShell de qualquer uma das seguintes formas:

    • Especifique a lista de VMs como uma lista separada por vírgulas e execute a redefinição em cada VM:

       Reset-ProvVMDisk -ProvisioningSchemeName "xxx" -VMName ("abc","def") -OS
       <!--NeedCopy-->
      
    • Especifique a lista de VMs como saída do comando Get-ProvVM e execute a redefinição em cada VM:

       (Get-ProvVM -ProvisioningSchemeName "xxx") | Reset-ProvVMDisk "abc" -OS
       <!--NeedCopy-->
      
    • Especifique uma única VM pelo nome:

       Reset-ProvVMDisk -ProvisioningSchemeName "xxx" -VMName "abc" -OS
       <!--NeedCopy-->
      
    • Crie tarefas de redefinição separadas para cada uma das VMs retornadas pelo comando Get-ProvVM. Isso é menos eficiente porque cada tarefa executará as mesmas verificações redundantes, como a verificação da capacidade do hipervisor e verificação de conexão para cada VM.

       Get-ProvVM -ProvisioningSchemeName "xxx" | Reset-ProvVMDisk -ProvisioningSchemeName "xxx" -OS
       <!--NeedCopy-->
      
  4. É exibido um prompt de confirmação que lista as VMs a serem redefinidas juntamente com uma mensagem de aviso de que essa é uma operação irrecuperável. Se você não fornecer uma resposta e pressionar Enter, nenhuma ação é executada.

    Nota:

    Não retire as VMs do modo de manutenção nem as ligue até a conclusão do processo de redefinição.

    Você pode executar o comando do PowerShell -WhatIf para imprimir a ação que ele tomaria e sair sem realizar a ação.

    Você também pode ignorar a solicitação de confirmação usando um dos seguintes métodos:

    • Forneça o parâmetro -Force:

       Reset-ProvVMDisk -ProvisioningSchemeName "xxx" -VMName "abc" -OS -Force
       <!--NeedCopy-->
      
    • Forneça o parâmetro -Confirm:$false:

       Reset-ProvVMDisk -ProvisioningSchemeName "xxx" -VMName "abc" -OS -Confirm:$false
       <!--NeedCopy-->
      
    • Antes de executar o Reset-ProvVMDisk, mude $ConfirmPreference para None:

       PS C:\Windows\system32> $ConfirmPreference='None'
       PS C:\Windows\system32> $ConfirmPreference
       None
       PS C:\Windows\system32> Reset-ProvVMDisk -ProvisioningSchemeName "xxx" -VMName "abc" -OS
       <!--NeedCopy-->
      
  5. Execute Get-ProvTask para obter o status das tarefas retornadas pelo comando Reset-ProvVMDisk.

Atualizar o ID da pasta de um catálogo de máquinas

Você pode atualizar o ID da pasta de um catálogo de máquinas MCS especificando o FolderId nas propriedades personalizadas do comando Set-ProvScheme. As VMs criadas após a atualização do ID da pasta são criadas com esse novo ID de pasta. Se essa propriedade não for especificada no CustomProperties, as VMs serão criadas na pasta em que a imagem mestre está localizada.

Execute as etapas a seguir para atualizar o ID da pasta de um catálogo de máquinas.

  1. Abra um navegador da Web e insira a URL do vSphere Web Client.

  2. Insira as credenciais e clique em Login.

  3. Crie uma pasta de posicionamento de VM no vSphere Web Client.

  4. Abra uma janela do PowerShell.

  5. Execute asnp citrix* para carregar os módulos do PowerShell específicos à Citrix.

  6. Especifique FolderID em CustomProperties de Set-ProvScheme. Neste exemplo, o valor do ID da pasta é group-v2406.

    Set-ProvScheme -ProvisioningSchemeUid "50bb319c-2e83-4a37-9ea1-94f630687372" -CustomProperties "<CustomProperties xmlns=""http://schemas.citrix.com/2014/xd/machinecreation"" xmlns:xsi=""http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance""><Property xsi:type=""StringProperty"" Name=""FolderId"" Value=""group-v2406"" /></CustomProperties>"
    <!--NeedCopy-->
    
  7. Adicione uma VM ao catálogo de máquinas usando o Studio.
  8. Verifique a nova VM no vSphere Web Client. A nova VM é criada na nova pasta.

Encontrar o ID da pasta no vSphere

Acesse o Managed Object Browser (MOB) em qualquer sistema de servidor ESXi ou vCenter para encontrar o ID da pasta das VMs.

O MOB é um aplicativo de servidor baseado na Web, disponível em todos os sistemas de servidor ESX/ESXi e vCenter. Esse utilitário do vSphere permite que você visualize informações detalhadas sobre objetos como VMs, armazenamentos de dados e pools de recursos.

  1. Abra um navegador da Web e digite http://x.x.x.x/mob, onde x.x.x.x é o endereço IP do vCenter Server ou o host ESX/ESXi. Por exemplo, https://10.60.4.70/mob.
  2. Na página inicial do MOB, clique no valor da propriedade content.
  3. Clique no valor de rootFolder.
  4. Clique no valor de childEntity.
  5. Clique no valor de vmFolder.
  6. Você pode encontrar o ID da pasta no valor de childEntity.
Ambientes de virtualização do VMware