Monitorar tendências históricas em um site

A exibição Trends acessa informações de tendências históricas de cada site para os seguintes parâmetros:

  • sessões
  • falhas de conexão
  • falhas na máquina
  • desempenho de logon
  • avaliação de carga
  • gerenciamento de capacidade
  • uso da máquina
  • utilização de recursos

Para localizar essas informações, clique no menu Trends.

O recurso de zoom na análise detalhada permite navegar pelos gráficos de tendências, destacando um período de tempo (clicando em um ponto de dados no gráfico) para ver os pormenores associados à tendência. Esse recurso permite que você entenda melhor os detalhes de quem ou o que foi afetado pelas tendências que estão sendo exibidas.

Para alterar o escopo padrão de cada gráfico, aplique um filtro diferente aos dados.

Nota:

  • As informações de tendências de sessões, falhas e desempenho de logon estão disponíveis como gráficos e tabelas quando o período é definido como Last month (Ending now) ou mais curto. Quando você escolhe Last Month, com uma data de término personalizada, ou Last Year, as informações de tendência ficam disponíveis como gráficos, não como tabelas.
  • O Citrix DaaS (anteriormente Citrix Virtual Apps and Desktops Service) oferece suporte à retenção de dados históricos apenas por 90 dias. Portanto, tendências e relatórios de um ano no Monitor mostram os últimos 90 dias de dados.

Tendências disponíveis

Exibir tendências para sessões: na guia Sessions, selecione o grupo de entrega e o período de tempo para exibir informações mais detalhadas sobre a contagem de sessões simultâneas.

A coluna Session Auto Reconnect exibe o número de reconexões automáticas em uma sessão. A reconexão automática é ativada quando as políticas Session Reliability ou Auto Client Reconnect estão em vigor. Quando há uma interrupção de rede no ponto de extremidade, as seguintes políticas entram em vigor:

  • A confiabilidade da sessão, em Session Reliability, entra em vigor (por padrão, por 3 minutos) quando o Citrix Receiver ou o aplicativo Citrix Workspace tenta se conectar com o VDA.

  • A reconexão automática de cliente, em Auto Client Reconnect, entra em vigor entre 3 e 5 minutos, quando o cliente tenta se conectar com o VDA.

Essas duas reconexões são capturadas e exibidas para o usuário. Essas informações podem levar um tempo máximo de 5 minutos para aparecer na interface do usuário do Director após ocorrer a reconexão.

As informações de reconexão automática ajudam você a visualizar e solucionar problemas de conexões de rede com interrupções e a analisar redes com facilidade. Você pode exibir o número de reconexões para um grupo de entrega específico ou período de tempo selecionado nos filtros.

Uma análise detalhada fornece informações adicionais, como dados de confiabilidade da sessão ou reconexão automática de cliente, carimbos de hora, IP do ponto de extremidade e nome do ponto de extremidade da máquina em que o aplicativo Workspace está instalado.

Por padrão, os logs são classificados pelos carimbos de hora do evento em ordem decrescente. Esse recurso está disponível para o aplicativo Citrix Workspace para Windows, aplicativo Citrix Workspace para Mac, Citrix Receiver para Windows e Citrix Receiver para Mac. Esse recurso requer VDAs 1906 ou posterior.

Para obter mais informações sobre reconexões de sessão, consulte Sessões. Para obter mais informações sobre políticas, consulte Configurações da política de reconexão automática de cliente e Configurações da política de confiabilidade da sessão.

Às vezes, os dados de reconexão automática podem não aparecer no Monitor pelos seguintes motivos:

  • O aplicativo Workspace não envia os dados de reconexão automática para o VDA.

  • O VDA não envia os dados para o serviço Monitor.

Nota:

Às vezes, o endereço IP do cliente não é obtido corretamente se determinadas políticas do Citrix Gateway estiverem definidas.

Exibir tendências de falhas de conexão: na guia Failures, selecione a conexão, o tipo de máquina, o tipo de falha, o grupo de entrega e o período de tempo para exibir um gráfico contendo informações mais detalhadas sobre as falhas de conexão do usuário em todo o site.

Exibir tendências de falhas de máquinas: na guia Single session OS Machine Failures ou Multi-session OS Machines, selecione o tipo de falha, grupo de entrega e período de tempo para exibir um gráfico contendo informações mais detalhadas sobre as falhas da máquina em todo o site.

Exibir tendências de desempenho de logon: na guia Logon Performance, selecione o grupo de entrega e o período de tempo para exibir um gráfico contendo informações mais detalhadas sobre a duração dos tempos de logon do usuário em todo o site e se o número de logons afeta o desempenho. Essa exibição também mostra a duração média das fases de logon, como a duração de intermediação do agente e a hora de início da máquina virtual. Esses dados são especificamente para logons de usuários e não incluem usuários que tentam se reconectar em sessões desconectadas. A tabela abaixo do gráfico mostra a duração do logon por sessão de usuário. Você pode escolher as colunas para exibir e classificar o relatório por qualquer uma das colunas. Para obter mais informações, consulte Diagnosticar problemas de logon do usuário.

Exibir tendências de avaliação de carga: na guia Load Evaluator Index, veja um gráfico contendo informações mais detalhadas sobre a carga distribuída entre as máquinas com SO multissessão. As opções de filtro do gráfico incluem: grupo de entrega ou máquina com SO multissessão em um grupo de entrega, máquina com SO multissessão (disponível somente se a máquina com SO multissessão em um grupo de entrega tiver sido selecionada) e um intervalo. O índice do avaliador de carga é exibido em porcentagens do total de CPU, memória, disco ou sessões e comparado com o número de usuários conectados no último intervalo.

Exibir o uso de aplicativos hospedados: na guia Capacity Management, selecione a guia Hosted Applications Usage, selecione o grupo de entrega e o período de tempo para exibir um gráfico que mostra o pico no uso simultâneo e uma tabela que mostra o uso baseado em aplicativos. Na tabela Application Based Usage, você pode escolher um aplicativo específico para ver seus detalhes e uma lista dos usuários que estão usando ou usaram o aplicativo. Você pode ver os valores de pico previstos escolhidos para as instâncias simultâneas de aplicativos no período de tempo futuro usando a previsão da instância em Application. Para obter mais informações, consulte a seção Previsão de instâncias de aplicativo.

Exibir uso de SO de sessão única e multissessão: a exibição Trends mostra o uso do sistema operacional de sessão única por site e por grupo de entrega. Quando você seleciona o site, o uso é mostrado por grupo de entrega. Quando você seleciona o grupo de entrega, o uso é mostrado por usuário. A exibição Trends também mostra o uso do sistema operacional multissessão por site, por grupo de entrega e por máquina. Quando você seleciona o site, o uso é mostrado por grupo de entrega. Quando você seleciona o grupo de entrega, o uso é mostrado por máquina e por usuário. Quando você seleciona Machine, o uso é mostrado por usuário.

Exibir o uso da máquina virtual: na guia Machine Usage, selecione Single session OS Machines ou Multi-session OS Machines para ver uma exibição em tempo real do uso da sua máquina virtual. A página exibe o número de máquinas com SO multissessão e de sessão única habilitadas para AutoScale que estão ativadas para um grupo de entrega e período de tempo selecionados. Ao ativar AutoScale no grupo de entrega selecionado, você também terá disponível a economia estimada obtida; essa porcentagem é calculada usando os custos por máquina.

As tendências de uso das máquinas habilitadas para AutoScale indicam o uso real das máquinas, permitindo que você avalie rapidamente as necessidades de capacidade do seu site.

  • Single session OS availability – exibe o estado atual das máquinas com SO de sessão única (VDIs) por disponibilidade de todo o site ou de um grupo de entrega específico.
  • Multi-session OS availability - exibe o estado atual das máquinas com SO multissessão por disponibilidade de todo o site ou de um grupo de entrega específico.

Nota:

A grade abaixo do gráfico exibe os dados de uso da máquina com base no grupo de entrega em tempo real. Os dados incluem a disponibilidade de todas as máquinas, independentemente da ativação de AutoScale. O número de máquinas que aparece na coluna Available Counter da grade inclui máquinas no modo de manutenção.

A consolidação de dados de monitoramento depende do período de tempo selecionado.

  • Os dados de monitoramento para os períodos de um dia e uma semana são consolidados por hora.
  • Os dados de monitoramento para o período de um mês são consolidados por dia.

O status da máquina é lido no momento da consolidação e quaisquer alterações durante o período intermediário são desconsideradas. Para ver o período de consolidação, consulte a documentação da API Monitor.

Para obter mais informações sobre como monitorar máquinas habilitadas para AutoScale, consulte o artigo AutoScale.

Exibir utilização de recursos: na guia Resource Utilization, selecione Single session OS Machines ou Multi-session OS Machines para ver informações sobre os dados de tendências históricas de uso de CPU e memória, além de IOPS e latência de disco de cada máquina VDI para poder planejar melhor a sua capacidade. Esse recurso requer VDAs versão 7.11 ou posterior. Os gráficos mostram dados médios de CPU, memória e IOPS, latência do disco e pico de sessões simultâneas. Você pode fazer o detalhamento dos dados por máquina e visualizar dados e gráficos dos 10 principais processos que consomem a CPU. Filtre por grupo de entrega e período de tempo. Os gráficos de CPU, uso de memória e pico de sessões simultâneas estão disponíveis para as últimas 2 horas, últimas 24 horas, últimos 7 dias, último mês e último ano. Os gráficos de médias de latência de disco e IOPS estão disponíveis para as últimas 24 horas, o último mês e o último ano.

Nota:

  • A configuração da política de monitoramento, Enable Process Monitoring, deve ser definida como “Allowed” para coletar e exibir dados na tabela Top 10 Processes na página Historic Machine Utilization. A política é definida como “Prohibited” por padrão. Por padrão, todos os dados de utilização de recursos são coletados. Isso pode ser desativado usando a configuração de política Enable Resource Monitoring. A tabela abaixo dos gráficos mostra os dados de utilização dos recursos por máquina.
  • O IOPS médio mostra as médias diárias. O pico de IOPS é calculado como a maior das médias de IOPS para o intervalo de tempo selecionado. (O IOPS médio é a média de IOPS por hora coletada durante a hora no VDA.)

Exibir falhas de aplicativos: a guia Application Failures exibe falhas associadas aos aplicativos publicados nos VDAs.

Esse recurso requer VDAs versão 7.15 ou posterior. VDAs com SO de sessão única executando Windows Vista, e posterior, e VDAs com SO multissessão executando Windows Server 2008, e posterior, são suportados. Para obter mais informações, consulte Monitoramento de falhas de aplicativos históricas.

Por padrão, somente falhas de aplicativos de VDAs com SO multissessão são exibidas. Você pode definir o monitoramento de falhas de aplicativos usando as políticas Monitoring. Para obter mais informações, consulte Monitoramento das configurações de política.

Exibir resultados do probe de aplicativo: a guia Application Probe Results exibe os resultados do probe dos aplicativos que foram configurados para investigação na página Configuration. Nela, é registrado o estágio da inicialização durante o qual ocorreu a falha do início do aplicativo.

Esse recurso requer VDAs versão 7.18 ou posterior. Para obter mais informações, consulte Investigação de aplicativo.

Criar relatórios personalizados: a guia Custom Reports fornece uma interface de usuário para gerar relatórios personalizados contendo dados históricos e em tempo real do banco de dados de monitoramento em formato tabular.

Na lista de consultas ao relatório personalizado salvas anteriormente, você pode clicar em Run and download, para exportar o relatório em formato CSV, clicar em Copy OData, para copiar e compartilhar a consulta OData correspondente, ou clicar em Edit, para editar a consulta. Você pode criar uma consulta ao relatório personalizado com base em máquinas, conexões, sessões ou instâncias de aplicativos. Especifique as condições de filtro com base em máquina, grupo de entrega ou período de tempo. Especifique as colunas extras necessárias no seu relatório personalizado. A visualização exibe uma amostra dos dados do relatório. Salvar a consulta ao relatório personalizado a adiciona à lista de consultas salvas.

Você pode criar uma consulta ao relatório personalizado com base em uma consulta OData copiada. Para isso, selecione a opção OData Query e cole a consulta OData copiada. Você pode salvar a consulta resultante para executar posteriormente.

Nota:

Os nomes das colunas no relatório de visualização e exportação gerados usando consultas OData não são traduzidos (aparecem em inglês).

Os ícones dos sinalizadores no gráfico indicam eventos ou ações significativos para o intervalo de tempo específico. Passe o mouse sobre o sinalizador e clique para listar eventos ou ações.

Nota:

  • Os dados de logon da conexão HDX não são coletados para VDAs anteriores à versão 7. Para VDAs anteriores, os dados do gráfico são exibidos como 0.
  • Os grupos de entrega excluídos no console Manage estão disponíveis para seleção nos filtros Trends até que os dados relacionados a eles sejam eliminados. Selecionar um grupo de entrega excluído exibe gráficos com os dados disponíveis até a retenção. No entanto, as tabelas não mostram nenhum dado.
  • Mover uma máquina contendo sessões ativas de um grupo de entrega para outro faz com que as tabelas Resource Utilization e Load Evaluator Index do novo grupo de entrega exibam métricas consolidadas dos grupos de entrega antigo e novo.

Previsão de instâncias de aplicativo

A análise preditiva oferece a capacidade de prever o uso futuro de recursos. Esse recurso é especialmente útil para os administradores organizarem os recursos e as licenças necessários em cada recurso.

O primeiro recurso de análise preditiva, a previsão de instância de aplicativo, prevê o número de instâncias de aplicativos hospedadas que provavelmente serão executadas por site ou grupo de entrega ao longo do tempo.

A previsão da instância do aplicativo está disponível na guia Trends > Capacity Management, que exibe o uso do aplicativo hospedado para o período escolhido. O gráfico histórico contém os valores de pico para as instâncias simultâneas de aplicativos plotadas para o período escolhido.

Imagem de previsão do aplicativo

Para obter o gráfico previsto, marque a caixa de seleção Predict. Um gráfico de previsão em linha pontilhada é exibido como uma extensão do gráfico histórico. Os valores de pico previstos paras as instâncias simultâneas de aplicativos são plotados com a linha do tempo estendida ao futuro para o período escolhido.

Você pode prever as instâncias do aplicativo para períodos que compreendem os próximos 7 dias, 1 mês ou 1 ano. Datas de término personalizadas não são aceitas.

A previsão é feita usando algoritmos de aprendizado de máquina baseados em modelos de dados criados com dados históricos existentes. As previsões são, portanto, tão precisas quanto a qualidade dos dados existentes.

A precisão da previsão é indicada pelo nível de tolerância exibido como uma dica de ferramenta sobre o gráfico previsto. Ele indica a quantidade de variação possível entre os valores reais e os valores previstos.

O nível de tolerância pode ser alto se os dados disponíveis não seguirem um padrão regular ou estiverem ausentes por determinados períodos ou forem insuficientes.

A previsão para um ano captura os padrões mensais e trimestrais, juntamente com a tendência geral do ano. Da mesma forma, a previsão mensal captura os padrões diários e semanais, juntamente com tendências semanais, como atividade reduzida nos fins de semana.

Dados históricos suficientes devem estar disponíveis para previsão da seguinte forma:

  • Dados de 14 dias para previsão de 7 dias
  • Dados de 35 dias para previsão de 1 mês
  • Dados de 84 dias para previsão de 1 ano

Nota:

Você pode exportar somente o gráfico histórico, não o gráfico previsto.

Imagem de previsão do aplicativo

Monitorar tendências históricas em um site