Product Documentation

Política de dispositivo de restrições

Essa política de dispositivo de restrições permite ou restringe certos recursos ou funcionalidades nos dispositivos dos usuários, como a câmera. Você também pode definir restrições de segurança, bem como restrições sobre conteúdo de mídia e restrições sobre os tipos de aplicativos que os usuários podem e não podem instalar. A maior parte das configurações de restrição têm I, ou permite como padrão. As exceções principais estão no recurso Segurança do iOS - Forçar e em todos os recursos do Tablet Windows, que têm O ou restringe como padrão.

Para telefones Windows 10 RS2, depois que uma política de XML personalizado ou de Restrições que desativa o Internet Explorer é implantada no telefone, o navegador permanece ativado. Para resolver esse problema, reinicie o telefone. Esse é um problema de terceiros.

Dica:

Qualquer opção para a qual você selecionar I significa que o usuário pode executar a operação ou usar o recurso. Por exemplo:

Câmera. Se I, o usuário poderá usar a câmera no seu dispositivo. Se O, o usuário não poderá usar a câmera no seu dispositivo.

Capturas de tela. Se I, o usuário pode fazer capturas de tela no seu dispositivo. Se O, o usuário não pode fazer capturas de tela no seu dispositivo.

Para adicionar ou configurar essa política, acesse Configurar > Políticas de dispositivo. Para obter mais informações, consulte a Política de dispositivo de VPN.

Configurações de iOS

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

Algumas das opções de restrições do iOS se aplicam somente a versões específicas do iOS (e, onde aplicável, essas versões estão descritas na página do console XenMobile). Por exemplo, a capacidade de permitir ou bloquear o AirDrop é compatível somente em dispositivos que executam o iOS 7 e versões posteriores. A capacidade de permitir ou bloquear fluxos de fotos do Photo Stream é compatível somente em dispositivos que executam o iOS 5 e versões posteriores. Além disso, algumas opções se aplicarão somente se o dispositivo for colocado no modo supervisionado. Para conhecer as etapas para configurar um dispositivo iOS para o modo supervisionado, consulte Para colocar um dispositivo iOS no modo Supervisionado usando o Apple Configurator.

  • Permitir controles de hardware
    • Câmera: permitir que os usuários usem a câmera nos dispositivos deles.
      • FaceTime: Permitir que os usuários usem o FaceTime nos respectivos dispositivos. Essa restrição é desaconselhada em dispositivos iOS 10 não supervisionados.
    • Capturas de tela: Permitir que os usuários façam capturas de tela nos dispositivos deles.
      • Permitir que o aplicativo Sala de Aula observe remotamente as telas dos alunos: se essa restrição não estiver selecionada, o professor não poderá usar o aplicativo Sala de Aula para observar remotamente as telas dos alunos. A configuração padrão está selecionada, um professor pode usar o aplicativo Sala de Aula para observar as telas dos alunos. A configuração de Permitir que o aplicativo Sala de Aula execute o AirPlay e Exibir Tela sem solicitar determina se os alunos receberão uma solicitação para conceder a permissão ao professor. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 9.3 (versão mínima).
      • Permitir que o aplicativo Sala de Aula execute o AirPlay e Exibir Tela sem solicitar: se essa restrição estiver marcada, o instrutor pode executar o AirPlay e exibir a tela no dispositivo de um aluno sem pedir permissão. O padrão é desmarcado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 10.3 (versão mínima).
    • Fluxos de foto: permitir que os usuários usem o MyPhotoStream para compartilhar fotos usando o iCloud com todos os dispositivos iOS deles (disponível no iOS 5.0 e versões posteriores).
    • Fluxos de fotos compartilhados: permitir que os usuários usem o Compartilhamento de fotos do iCloud para compartilhar fotos com colegas de trabalho, amigos e família (disponível no iOS 6.0 e versões posteriores).
    • Discagem por voz: ativa a discagem por voz nos dispositivos do usuário.
    • Siri: permite que os usuários usem a Siri.
      • Permitir enquanto o dispositivo estiver travado: permitir que os usuários usem a Siri enquanto os dispositivos deles estão bloqueados.
      • Filtro de linguagem indecorosa da Siri: Ativar o filtro de linguagem indecorosa da Siri. O padrão é restringir esse recurso, o que significa que nenhum filtro de linguagem indecorosa é usado.

        Para obter mais informações sobre Siri e segurança, consulte Políticas da Siri e de ditado.

    • Instalação de aplicativos: Permitir que os usuários instalem aplicativos. Essa restrição é desaconselhada em dispositivos iOS 10 não supervisionados.
    • Permitir busca em segundo plano durante roaming: permite que os dispositivos sincronizem automaticamente as contas de correio com o iCloud enquanto estiverem em roaming. Quando O, desativa as atividades de busca global em segundo plano quando um telefone iOS está em roaming. O padrão é Ativado.
  • Permitir aplicativos
    • iTunes Store: Permitir que os usuários acessem a iTunes Store. Essa restrição é desaconselhada em dispositivos iOS 10 não supervisionados.
    • Compras no aplicativo: Permitir que os usuários façam compras no aplicativo.
      • Exigir senha do iTunes para compras: Exigir uma senha para compras no aplicativo. O padrão é restringir esse recurso, o que significa que nenhuma senha é necessária para compras no aplicativo (iOS 5.0 e versões posteriores).
    • Safari: permitir que os usuários acessem o Safari. Essa restrição é desaconselhada em dispositivos iOS 10 não supervisionados.
      • Preenchimento automático: Permitir que os usuários configurem o preenchimento automático de nomes de usuário e senhas no Safari.
      • Forçar aviso de fraude: se essa configuração estiver ativada e os usuários visitarem um site de phishing suspeito, o Safari os alertará. O padrão é restringir esse recurso, o que significa que nenhum aviso é emitido.
      • Ativar JavaScript: permitir a execução de JavaScript no Safari.
      • Bloquear pop-ups: bloquear pop-ups durante a exibição de sites. O padrão é restringir esse recurso, o que significa que pop-ups não são bloqueados.
    • Aceitar cookies: definir a extensão da aceitação de cookies. Na lista, escolha uma opção para permitir ou restringir cookies. A opção padrão é Sempre, o que permite que todos os sites salvem cookies no Safari. Outras opções são Somente site atual, Nunca e Somente dos sites visitados.
  • Rede - Permitir ações do iCloud

    • Documentos e dados do iCloud: permitir que os usuários sincronizem documentos e dados com o iCloud (iOS 5.0 e versões posteriores). Essa restrição é desaconselhada em dispositivos iOS 10 não supervisionados.
    • Backup do iCloud: permitir que os usuários façam backup dos dispositivos deles no iCloud (iOS 5.0 e versões posteriores).
    • Chaves do iCloud: permitir que os usuários armazenem senhas, informações da rede WiFi e informações de cartão de crédito, entre outras, em Chaves do iCloud (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Biblioteca de fotos na nuvem: permitir que os usuários acessem a respectiva biblioteca de fotos do iCloud (iOS 9.0 e versões posteriores).
  • Segurança - Força

    O padrão é restringir os recursos a seguir, o que significa que nenhum dos recursos de segurança é ativado.

    • Backups criptografados: forçar a criptografia dos backups no iCloud.
    • Rastreamento de anúncios limitado: bloquear o acompanhamento de anúncios direcionados (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Código secreto no primeiro emparelhamento do AirPlay: exigir que os dispositivos compatíveis com o AirPlay sejam verificados com um código de uso único na tela antes que possam usar o AirPlay (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Apple Watch emparelhado para usar detecção de pulso: exigir um Apple Watch emparelhado para usar a Detecção de pulso (iOS 8.2 e versões posteriores).
    • Compartilhamento de documentos gerenciados com o AirDrop: o acesso ao AirDrop é uma opção supervisionada. Definir essa opção como I permite que os dispositivos supervisionados usem o AirDrop para compartilhar dados e mídia com dispositivos iOS próximos (iOS 9.0 e versões posteriores).
  • Segurança - Permitir

    • Aceitar certificados SSL não confiáveis: permitir que os usuários aceitem certificados SSL não confiáveis de sites (iOS 5.0 e versões posteriores).
    • Atualização automática de definições de segurança do certificado: permitir que certificados confiáveis sejam atualizados automaticamente (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Documentos de aplicativos gerenciados em aplicativos não gerenciados: permitir que os usuários movam dados de aplicativos gerenciados (corporativos) para aplicativos não gerenciados (pessoais).
    • Documentos de aplicativos não gerenciados em aplicativos gerenciados: permitir que os usuários movam dados de aplicativos não gerenciados (pessoais) para aplicativos não gerenciados (corporativos).
    • Envio de informações de diagnóstico para a Apple: permitir que dados de diagnóstico anônimos sobre os dispositivos dos usuários sejam enviados para a Apple.
    • Touch ID para desbloquear o dispositivo: permitir que os usuários usem as impressões digitais deles para desbloquear os respectivos dispositivos (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Notificações do Passbook quando o dispositivo está bloqueado: permitir que notificações do Passbook apareçam na tela de bloqueio (iOS 6.0 e versões posteriores).
    • Handoff: permitir que os usuários transfiram as atividades de um dispositivo iOS para outro dispositivo iOS próximo (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Sincronização do iCloud para aplicativos gerenciados: permitir que os usuários sincronizem aplicativos gerenciados com o iCloud (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Backup para livros da empresa: permitir o backup de livros da empresa para o iCloud (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Sincronização de notas e destaques para livros da empresa: permitir que as notas e os destaques que os usuários adicionaram aos livros da empresa sejam sincronizados com o iCloud (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Confiança de aplicativo empresarial: permitir que aplicativos empresariais sejam confiáveis (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Resultados de Internet no Spotlight: permitir que o Spotlight mostre os resultados da pesquisa da Internet, bem como do dispositivo (iOS 8.0 e versões posteriores).
  • Apenas configurações supervisionadas - Permitir

    Estas configurações se aplicam somente a dispositivos supervisionados. Para conhecer as etapas para configurar um dispositivo iOS para o modo supervisionado, consulte Para colocar um dispositivo iOS no modo Supervisionado usando o Apple Configurator.

    • Apagar todo o conteúdo e configurações: permitir que os usuários apaguem todo o conteúdo e as configurações dos dispositivos deles (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Configuração de restrições: permitir que os usuários configurem os controles dos pais nos dispositivos deles (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Podcasts: permitir que os usuários baixem e sincronizem podcasts (iOS 8.0 e versões posteriores).
    • Instalação de perfis de configuração: permitir que os usuários instalem um perfil de configuração diferente daquele implantado por você (iOS 6.0 e versões posteriores).
    • Modificação de impressão digital: permitir que os usuários alterem ou apaguem a impressão digital Touch ID deles (iOS 8.3 e versões posteriores).
    • Instalação de aplicativos do dispositivo: (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Atalhos de teclado: permitir que os usuários criem atalhos de teclado personalizados para palavras ou frases que usam com frequência (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Apple Watch pareado: permitir que os usuários emparelhem um Apple Watch com um dispositivo supervisionado (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Modificação de código secreto: permitir que os usuários alterem a senha em um dispositivo supervisionado (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Modificação do nome do dispositivo: permitir que os usuários alterem o nome do seu dispositivo.
    • Modificação do papel de parede: permitir que o usuário altere o papel de parede nos dispositivos deles (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Download automático de aplicativos (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • AirDrop: permitir que os usuários compartilhem fotos, vídeos, sites, locais, entre outros, com dispositivos iOS próximos (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • iMessage: permitir que os usuários enviem mensagens de texto sobre WiFi usando o iMessage (iOS 6.0 e versões posteriores).
    • Conteúdo gerado pelo usuário de Siri: permitir que a Siri consulte conteúdo gerado pelo usuário na Web. Os consumidores, e não os jornalistas tradicionais; produzem conteúdo gerado pelo usuário. Por exemplo, o conteúdo encontrado no Twitter ou no Facebook é gerado pelo usuário (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • iBooks: permitir que os usuários usem o aplicativo iBooks (iOS 6.0 e versões posteriores).
    • Remoção de aplicativos: permitir que usuários removam aplicativos dos dispositivos deles (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Game Center: permitir que os usuários joguem jogos online usando o Game Center nos dispositivos deles (iOS 6.0 e versões posteriores).
      • Adicionar amigos: Permitir que os usuários enviem uma notificação a um amigo para jogar um jogo.
      • Jogos multiplayer: permitir que os usuários iniciem jogos multiplayer nos dispositivos deles.
    • Modificando configurações de conta: permitir que os usuários modifiquem as configurações de conta do respectivo dispositivo (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Modificando configurações de dados celulares do aplicativo: permitir que os usuários modifiquem a forma como os aplicativos usam dados celulares (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Modificando configurações de Encontrar Meus Amigos: permitir que os usuários alterem as respectivas configurações de Encontrar Meus Amigos (disponível no iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Emparelhamento com hosts não Configurator: permitir que o administrador controle a quais dispositivos o dispositivo de um usuário pode ser emparelhado. Desativar essa configuração impede o emparelhamento, exceto com o host de supervisão que executa o Apple Configurator. Se nenhum certificado de host de supervisão estiver configurado, todo o emparelhamento será desativado (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Teclados intuitivos: permitir que os dispositivos dos usuários usem teclados intuitivos para sugerir palavras conforme eles digitam (iOS 8.1.3 e versões posteriores). Desative essa opção em situações como durante a administração de testes padronizados testes, nas quais você não deseja que os usuários tenham acesso a palavras sugeridas.
    • Teclado com correção automática: permitir que os dispositivos dos usuários usem o teclado com correção automática (iOS 8.1.3 e versões posteriores). Desative essa opção em situações como durante a administração de testes padronizados testes, nas quais você não deseja que os usuários tenham acesso à correção automática.
    • Teclado com corretor ortográfico: permitir que os dispositivos dos usuários usem o corretor ortográfico enquanto digitam (iOS 8.1.3 e versões posteriores). Desative essa opção em situações como durante a administração de testes padronizados testes, nas quais você não deseja que os usuários tenham acesso ao corretor ortográfico.
    • Pesquisa de definições: permitir que os dispositivos dos usuários usem a pesquisa de definições durante a digitação (iOS 8.1.3 e versões posteriores). Desative essa opção em situações como durante a administração de testes padronizados testes, nas quais você não deseja que os usuários consigam pesquisar definições conforme digitam.
    • ID de pacote único de aplicativos: criar uma lista de aplicativos que têm permissão para manter o controle sobre o dispositivo e impedir a interação com os outros aplicativos ou funções. Para adicionar um aplicativo, clique em Adicionar, digite um nome de aplicativo e clique em Salvar. Repita esse processo para cada aplicativo que você desejar adicionar.
    • News: permitir que os usuários usem o aplicativo News (iOS 9.0 e versões posteriores).
    • Serviço Apple Music: permitir que os usuários usem o serviço Apple Music (iOS 9.3 e versões posteriores). Se você não permitir o serviço Apple Music, o aplicativo Música será executado no modo clássica.
    • iTunes Radio: permitit que os usuários usem o iTunes Radio (iOS 9.3 e versões posteriores).
    • Modificação de notificações: permitir que os usuários modifiquem configurações de notificação (iOS 9.3 e versões posteriores).
    • Uso de aplicativos restritos: permitir que os usuários usem todos os aplicativos ou usem ou não aplicativos com base nos IDs de pacote que você fornecer (iOS 9.3 e versões posteriores). Aplica-se somente a dispositivos supervisionados.

      Depois de configurar a política de dispositivo de restrições para bloquear alguns aplicativos e, em seguida, implantar a política: se mais tarde você desejar permitir alguns ou todos os aplicativos, a alteração e implantação da política de dispositivo de restrições não alteram as restrições. Nesse caso, o iOS não aplica as alterações ao perfil de iOS. Para continuar, use a política de remoção de perfil para remover o perfil de iOS e, em seguida, implantar a política de dispositivo de restrições atualizada.

      Se você alterar essa configuração para Permitir apenas alguns aplicativos: antes de implantar essa política, informe os usuários de dispositivos registrados usando o Apple DEP para fazer login em suas contas Apple no Assistente de Instalação. Caso contrário, os usuários podem ter que desativar a autenticação de duas fatores em seus dispositivos para entrar em suas contas da Apple e acessar os aplicativos permitidos.

  • Modificação de submissão de diagnóstico: permitir que os usuários modifiquem o envio de diagnóstico de aplicativo e configurações de análise no painel Diagnóstico e uso em Configurações (iOS 9.3.2 e versões posteriores).
  • Modificação de Bluetooth: permitir que os usuários modifiquem configurações de Bluetooth (iOS 10.0 e versões posteriores).
  • Permitir ditado: supervisionado somente. Se essa restrição é definida como Desativado, a entrada de ditado não é permitida. A configuração padrão é Ativado. Para iOS 10.3 e posterior.
  • Entrar somente em redes WiFi instaladas por uma política de WiFi: opcional Apenas supervisionado. Se esta restrição estiver definida como Ativado, o dispositivo pode se juntar a redes Wi-Fi somente quando elas tiverem sido configuradas através de um perfil de configuração. O padrão é Desativado. Para iOS 10.3 e posterior.
  • Permitir que o aplicativo Sala de Aula execute o AirPlay e Exibir Tela sem solicitar: se essa restrição estiver marcada, o instrutor pode executar o AirPlay e exibir a tela no dispositivo de um aluno sem pedir permissão. O padrão é desmarcado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 10.3 (versão mínima).
  • Permitir que o aplicativo Sala de Aula bloqueie um aplicativo e bloqueie o dispositivo sem solicitar: se essa restrição estiver definida como Ativado, o aplicativo Sala de Aula bloqueará automaticamente os dispositivos do usuário a um aplicativo e bloqueará o dispositivo sem avisar os usuários. O padrão é Desativado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Associar automaticamente às classes do aplicativo Sala de Aula sem solicitar: se essa restrição estiver definida como Ativado, o aplicativo Sala de Sula associará automaticamente os usuários às classes, sem avisar os usuários. O padrão é Desativado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Permitir AirPrint: se essa restrição estiver definida como Desativado, os usuários não poderão imprimir com o AirPrint. A configuração padrão é Ativado. Quando essa restrição está Ativada, estas restrições extras são exibidas. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
    • Permitir o armazenamento de credenciais do AirPrint em Chaves: se essa restrição não estiver selecionada, o nome de usuário e a senha do AirPrint não serão armazenados em Chaves. A configuração padrão é selecionada. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
    • Permitir a descoberta de impressoras AirPrint usando iBeacons: se essa restrição não estiver selecionada, a descoberta do iBeacon de impressoras AirPrint será desativada. Isso evita que sinalizadores falsos do AirPrint Bluetooth causem phishing no tráfego da rede. A configuração padrão é selecionada. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
    • Permitir AirPrint apenas para destinos com certificados confiáveis: se essa restrição for selecionada, os usuários poderão usar o AirPrint para imprimir apenas em destinos com certificados confiáveis. O padrão é desmarcado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Adicionar configurações de VPN: se essa restrição estiver definida como Desativado, os usuários não poderão criar configurações de VPN. A configuração padrão é Ativado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Modificar as configurações do plano de celular: se essa restrição estiver definida como Desativado, os usuários não poderão modificar as configurações do plano de celular. A configuração padrão é Ativado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Remover aplicativos do sistema: se essa restrição estiver definida como Desativado, os usuários não poderão remover aplicativos de sistema de seus dispositivos. A configuração padrão é Ativado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Configurando novos dispositivos próximos: se essa restrição estiver definida como Desativado, os usuários não poderão configurar novos dispositivos próximos. A configuração padrão é Ativado. Para dispositivos supervisionados executando o iOS 11 (versão mínima).
  • Segurança - Mostrar na tela de bloqueio
    • Centro de controle: permitir acesso ao Centro de controle na tela de bloqueio, o que permite que os usuários modifiquem facilmente as configurações de Modo avião, Wi-Fi, Bluetooth, Modo não perturbe e Bloquear rotação (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Notificação: permitir notificações na tela de bloqueio (iOS 7.0 e versões posteriores).
    • Exibição de hoje: permitir a Exibição de Hoje, que agrega informações como a previsão do tempo e os itens de calendário do dia atual, na tela de bloqueio.
  • Conteúdo de mídia - Permitir
    • Música, podcasts e material do iTunes U explícitos: permitir material explícito nos dispositivos dos usuários.
    • Conteúdo sexual explícito em iBooks: permitir que material explícito seja baixado do iBooks (iOS 6.0 e versões posteriores).
    • Região de classificações: definir a região da qual as classificações de controles dos pais são obtidas. Na lista, clique em um país para definir a região das classificações. O padrão é Estados Unidos.
    • Filmes: definir se filmes são permitidos nos dispositivos dos usuários. Se filmes forem permitidos, como opção, defina o nível de classificação para filmes. Na lista, clique em uma opção para permitir ou restringir filmes no dispositivo. O padrão é Permitir todos os filmes.
    • Programas de TV: definir se Programas de TV são permitidos nos dispositivos dos usuários. Se programas de TV forem permitidos, como opção, defina o nível de classificação dos programas de TV. Na lista, clique em uma opção para permitir ou restringir programas de TV no dispositivo. O padrão é Permitir todos os programas de TV.
    • Aplicativos: definir se aplicativos são permitidos nos dispositivos dos usuários. Se aplicativos forem permitidos, como opção, defina o nível de classificação para aplicativos. Na lista, clique em uma opção para permitir ou restringir aplicativos no dispositivo. O padrão é Permitir todos os aplicativos.

Configurações do macOS

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

  • Preferências
    • Restringir itens nas preferências do sistema: permitir ou restringir o acesso do usuário às Preferências do Sistema. O padrão é O, que permite aos usuários acesso completo às Preferências do sistema. Se essa opção estiver ativada, defina as seguintes configurações.
      • Painel de preferências do sistema: selecionar se as configurações selecionadas são ativadas ou desativadas. O padrão é ativar todas as configurações, que são I por padrão.
        • Usuários e Grupos
        • Geral
        • Acessibilidade
        • App Store
        • Atualização de Software
        • Bluetooth
        • CDs e DVDs
        • Data e Hora
        • Área de Trabalho e Protetor de Tela
        • Monitores
        • Dock
        • Economia de Energia
        • Extensões
        • FibreChannel
        • iCloud
        • Tinta
        • Contas da Internet
        • Teclado
        • Idioma e Texto
        • Mission Control
        • Mouse
        • Rede
        • Notificações
        • Controles dos Pais
        • Impressoras e Scanners
        • Perfis
        • Segurança e Privacidade
        • Compartilhamento
        • Som
        • Dicção e Fala
        • Spotlight
        • Disco de Inicialização
        • Time Machine
        • Trackpad
        • Xsan
  • Aplicativos
    • Permitir o uso do Game Center: permitir que os usuários joguem jogos online usando o Game Center. O padrão é On.
    • Permitir a adição de amigos do Game Center: permitir que os usuários enviem uma notificação a um amigo para jogar um jogo. O padrão é On.
    • Permitir jogos multiplayer: permitir que os usuários iniciem jogos multiplayer. O padrão é On.
    • Permitir modificação de conta do Game Center: permitir que os usuários modifiquem as próprias configurações de conta do Game Center. O padrão é On.
    • Permitir adoção da App Store: permitir ou restringir a adoção de aplicativos que existiam previamente no OS X pela App Store. O padrão é On.
    • Permitir preenchimento automático do Safari: permitir que o Safari preencha automaticamente campos em sites com senhas, endereços e outras informações básicas que ele armazena. O padrão é On.
    • Exigir uma senha para instalar ou atualizar aplicativos: exigir uma senha de administrador para instalar ou atualizar aplicativos. O padrão é Off, o que significa que nenhuma senha de administrador é necessária.
    • Restringir a App Store somente à atualização de software: restringir a App Store somente a atualizações, o que desativa todas as guias na App Store, exceto as atualizações. O padrão é Off, que permite total acesso à App Store.
    • Restringir os aplicativos que podem ser abertos: restringir ou permitir os aplicativos que os usuários podem usar. O padrão é O, o que permite que todos os aplicativos sejam usados. Se essa opção estiver ativada, defina as seguintes configurações:
      • Aplicativos permitidos: clique em Adicionar, digite o nome e o ID do pacote de um aplicativo com permissão para iniciar e clique em Salvar. Repita essa etapa para cada aplicativo com permissão para iniciar.
      • Pastas não permitidas: clique em Adicionar, digite o caminho de arquivo para uma pasta à qual você deseja restringir o acesso do usuário (por exemplo, /Applications/Utilities) e clique em Salvar. Repita essa etapa para todas as pastas que você não deseja que os usuários possam acessar.
      • Pastas permitidas: clique em Adicionar, digite o caminho de arquivo para uma pasta à qual você deseja conceder o acesso do usuário e clique em Salvar. Repita essa etapa para todas as pastas que você deseja que os usuários possam acessar.
  • Widgets
    • Permitir que apenas os seguintes widgets do painel sejam executados: permitir ou restringir quais widgets do Painel, como Relógio ou Calculadora, os usuários têm permissão para executar. O padrão é Off, o que permite que os usuários executem todos os widgets. Se essa opção estiver ativada, defina a seguinte configuração:
      • Widgets permitidos: clique em Adicionar, digite o nome e o ID de um widget que tem permissão de execução e clique em Salvar. Repita essa etapa para cada widget que você deseja executar no Painel.
  • Mídia
    • Permitir AirDrop: permitir que os usuários compartilhem fotos, vídeos, sites, locais e mais com dispositivos iOS próximos.
  • Compartilhamento
    • Ativar automaticamente novos serviços de compartilhamento: selecione se os serviços de compartilhamento devem ser ativados automaticamente.
    • Mail: selecione se uma caixa de correio compartilhada é permitida.
    • Facebook: selecione se uma conta compartilhada do Facebook é permitida.
    • Serviços de Vídeo - Flickr, Vimeo, Tudou e Youku: selecione se os serviços de vídeo compartilhados são permitidos.
    • Adicionar ao Aperture: selecione se a capacidade de adição compartilhada ao Aperture é permitida.
    • Sina Weibo: selecione se uma conta compartilhada de microblogging do Sina Weibo é permitida.
    • Twitter: selecione se uma conta compartilhada no Twitter é permitida.
    • Mensagens: selecione se o acesso compartilhado a mensagens é permitido.
    • Adicionar ao iPhoto: selecione se a capacidade de adição compartilhada ao iPhoto é permitida.
    • Adicionar à lista de leitura: selecione se a capacidade de adição compartilhada à Lista de Leitura é permitida.
    • AirDrop: selecione se uma conta compartilhada no AirDrop é permitida.
  • Funcionalidade
    • Bloquear imagem da área de trabalho: selecione se os usuários podem alterar a imagem da área de trabalho. O padrão é Off, o que significa que os usuários podem alterar a imagem da área de trabalho.
    • Permitir o uso da câmera: selecione se os usuários podem usar a câmera nos Macs deles. O padrão é Off, o que significa que os usuários não podem usar a câmera.
    • Permitir Apple Music: permitir que os usuários usem o serviço Apple Music (macOS 10.12 e versões posteriores). Se você não permitir o serviço Apple Music, o aplicativo Música será executado no modo clássica. Aplica-se somente a dispositivos supervisionados. O padrão é Ativado.
    • Permitir sugestões de Spotlight: selecione se os usuários podem usar as Sugestões de Spotlight para pesquisar o respectivo Mac e para fornecer Sugestões de Spotlight da Internet, do iTunes e da App Store. O padrão é Off, o que impede que os usuários utilizem as Sugestões do Spotlight. Para obter mais informações sobre sugestões do Spotlight, consulte a página Sugestões do Spotlight da Apple.
    • Permitir pesquisa: selecione se os usuários podem pesquisar as definições de palavras usando o menu de contexto ou o menu de pesquisa do Spotlight. O padrão é O, o que impede que os usuários usem a Pesquisa nos respectivos Macs.
    • Permitir o uso de senha do iCloud para contas locais: selecione se os usuários podem usar o respectivo ID Apple e senha do iCloud para fazer logon nos Macs deles. Ativar isso significa que o usuário usará apenas um ID e senha para todas as telas de login em seus Macs. O padrão é On, o que permite que os usuários usem o ID Apple e a senha do iCloud para acessar os Macs deles.
    • Permitir documentos e dados de iCloud: selecione se os usuários têm permissão para acessar documentos e dados armazenados no iCloud nos Macs deles. O padrão é Off, o que impede que os usuários usem documentos e dados do iCloud nos Macs deles. Para obter mais informações, consulte a página Documentos e dados do iCloud da Apple.
      • Permitir área de trabalho e documentos iCloud: (macOS 10.12.4 e posterior) Selecionada por padrão.
    • Permitir sincronização de chaves do iCloud: permitir a sincronização de chaves do iCloud (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Mail do iCloud: permitir que os usuários usem o iCloud Mail (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Contatos do iCloud: permitir que os usuários usem os Contatos do iCloud (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Calendários do iCloud: permitir que os usuários usem os Calendários do iCloud (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Lembretes do iCloud: permitir que os usuários usem os Lembretes do iCloud (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Favoritos do iCloud: permitir que os usuários sincronizem com os Favoritos do iCloud (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Notas do iCloud: permitir que os usuários usem as Notas do iCloud (macOS 10.12 e versões posteriores). O padrão é On.
    • Permitir Fotos do iCloud: se você alterar essa configuração para Off, as fotos não baixadas totalmente da biblioteca de fotos do iCloud serão removidas do armazenamento do dispositivo local (macOS 10.12 e posterior). O padrão é On.
    • Permitir desbloqueio automático: para obter informações sobre essa opção e o Apple Watch, consulte http://www.imore.com/auto-unlock (macOS 10.12 e posterior). O padrão é On.
    • Permitir Touch ID para desbloquear Mac: (macOS 10.12.4 e posterior). O padrão é On.

Configurações do Android

  • Câmera: permitir que os usuários usem a câmera nos dispositivos deles. Se o valor for Off, a câmera está desabilitada. O padrão é Ativado.

Configurações do Android for Work

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

Por padrão, as configurações de Depuração de USB e Fontes desconhecidas são desativadas em um dispositivo quando ele é registrado no Android for Work no modo de perfil de trabalho.

  • Depuração: permite a depuração por USB (Android 5.0 e versões posteriores). O padrão é Desativado.
  • Transferência de arquivos: permite a transferência de arquivos por USB (Android 5.0 e versões posteriores). O padrão é Desativado.
  • Tethering: permite que os usuários configurem hotspots portáteis e vinculem dados (Android 5.0 e versões posteriores). O padrão é Desativado.
  • Permitir aplicativos não Google Play: permite a instalação de aplicativos de lojas diferentes da Google Play (Android 5.0 e posterior). O padrão é Desativado.
  • Permitir copiar e colar: permite ou impede o uso da área de transferência para copiar e colar entre aplicativos no perfil do Android for Work e aplicativos na área pessoal (Android 5.0 e posterior). O padrão é Desativado.
  • Ativar verificação de aplicativo: permite que o sistema operacional verifique os aplicativos para detectar comportamentos mal-intencionados (Android 5.0 e posterior). O padrão é Ativado.
  • Permitir o controle do usuário das configurações do aplicativo: permite que os usuários desinstalem aplicativos, desativem aplicativos, limpem o cache e os dados, forcem a interrupção de qualquer aplicativo e cancelem os padrões (Android 5.0 e posterior). O padrão é Desativado.
  • Permitir contatos do perfil de trabalho nos contatos do dispositivo: mostra contatos do perfil gerenciado do Android for Work no perfil pai, para chamadas recebidas (Android 7.0 e posterior). O padrão é Desativado.

Configurações do Samsung SAFE

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

Algumas opções estão disponíveis somente em APIs específicas de gerenciamento de dispositivo móvel da Samsung. Essas opções são marcadas com as informações relevantes da versão.

  • Permitir controles de hardware
    • Ativar verificação de inicialização confiável ODE: usar a verificação de inicialização confiável ODE para estabelecer uma cadeia de confiança do carregador de inicialização com a imagem do sistema.
    • Permitir modo de desenvolvimento: permitir que os usuários ativem as configurações do desenvolvedor nos dispositivos deles.
    • Permitir apenas chamadas de emergência: permitir que os usuários ativem o modo Somente chamadas de emergência nos dispositivos deles.
    • Permitir recuperação de firmware: permitir que os usuários recuperem o firmware nos dispositivos deles.
    • Permitir criptografia rápida: permitir a criptografia somente do espaço de memória usado. Isso contrasta com a criptografia completa de disco, que criptografa todos os dados, incluindo configurações, dados de aplicativo, arquivos baixados e aplicativos, mídia e outros arquivos.
    • Modo Common Criteria: colocar o dispositivo no Common Criteria Mode. A configuração Critérios Comuns impõe processos de segurança rigorosos.
    • Redefinição de fábrica: permitir que os usuários realizem uma redefinição de fábrica nos dispositivos deles
    • Alteração de data e hora: permitir que os usuários alterem a data e hora nos dispositivos deles.
    • Faixa de inicialização DOD: exibir uma mensagem ou uma faixa de mensagem de notificação de uso do sistema aprovado para DoD quando os dispositivos dos usuários são reiniciados.
    • Alterações de configurações: permitir que os usuários alterem as configurações nos dispositivos deles.
    • Backup: permitir que os usuários façam backup de aplicativos e dados do sistema nos dispositivos deles.
    • Atualização por rede celular: permitir que os dispositivos dos usuários recebam atualizações de software sem fio (MDM 3.0 e versões posteriores).
    • Dados de segundo plano: permitir que os aplicativos sincronizem dados em segundo plano.
    • Câmera: permitir que os usuários usem a câmera nos dispositivos deles.
    • Área de transferência: permitir que os usuários copiem dados para a área de transferência nos dispositivos deles.
      • Compartilhamento de área de transferência: permitir que os usuários compartilhem conteúdo da área de transferência entre os respectivos dispositivos e um computador (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Tecla Home: permitir que os usuários usem a tecla Home nos dispositivos deles.
    • Microfone: permitir que os usuários usem o microfone nos dispositivos deles.
    • Localização fictícia: permitir que os usuários usem localizações de GPS fictícias.
    • NFC: permitir que os usuários usem NFC (comunicação a curta distância) nos dispositivos deles (MDM 3.0 e versões posteriores).
    • Desligar: permitir que os usuários desliguem os dispositivos deles (MDM 3.0 e versões posteriores).
    • Capturas de tela: permitir que os usuários façam capturas de tela nos dispositivos deles.
    • Cartão SD: permitir que os usuários usem um cartão SD, se disponível, com os dispositivos deles.
    • Discador de voz: permitir que os usuários usem o comunicador de voz nos dispositivos deles (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • SBeam: permitir que os usuários compartilhem conteúdo com outras pessoas usando NFC e Wi-Fi Direct (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • SVoice: permitir que os usuários usem o assistente pessoal inteligente e navegador de conhecimento nos dispositivos deles (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Permitir vários usuários: permite que vários usuários usem um dispositivo (MDM 4.0 e posterior). O padrão é Desativado.
  • Permitir aplicativos
    • Navegador: permitir que os usuários usem o navegador da Web.
    • Youtube: permitir que os usuários acessem o YouTube.
    • Google Play/Marketplace: permitir que os usuários acessem o Google Play e o Google Apps Marketplace.
    • Permitir aplicativos não Google Play: permitir que os usuários baixem aplicativos de outros sites além do Google Play e do Google Apps Marketplace. Se ativado, um usuário pode usar as configurações de segurança em seu dispositivo para confiar em aplicativos de fontes desconhecidas.
    • Parar aplicativo do sistema: permitir que os usuários desativem os aplicativos de sistema pré-instalados (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Desativar aplicativos: se Ativado, impede que uma lista especificada de aplicativos sejam executados em dispositivos Samsung SAFE.
  • Rede
    • MMS de entrada: permitir que os usuários recebam mensagens MMS.
    • SMS de entrada: permitir que os usuários recebam mensagens SMS.
    • MMS de saída: permitir que os usuários enviem mensagens MMS.
    • SMS de saída: permitir que os usuários enviem mensagens SMS.
    • Perfis de rede virtual privada para adicionar usuários:
    • Bluetooth: permitir que os usuários usem Bluetooth.
      • Tethering: permitir que os usuários compartilhem uma conexão de dados móvel com outro dispositivo usando a conexão Bluetooth.
    • Wi-Fi: permitir que usuários se conectem a redes Wi-Fi.
      • Tethering: permitir que os usuários compartilhem uma conexão de dados móvel com outro dispositivo usando a conexão Wi-Fi.
      • Direto: permitir que os usuários se conectem diretamente a outro dispositivo usando uma conexão Wi-Fi (MDM 4.0 e versões posteriores).
      • Alteração de estado: permitir que os aplicativos alterem o estado da conectividade Wi-Fi.
      • Alterações de política de usuário: permitir que os usuários alterem as políticas de Wi-Fi. Se essa opção não estiver selecionada, os usuários poderão alterar somente o nome do usuário e a senha do WiFi. Se essa opção estiver selecionada, os usuários poderão alterar as políticas de WiFi.
    • Tethering: permitir que os usuários compartilhem uma conexão de dados móvel com outro dispositivo.
    • Dados celulares: permitir que os usuários usem a conexão celular deles para dados.
    • Permitir roaming: permitir que os usuários usem dados celulares enquanto estiverem em roaming. O padrão é O, que desativa o roaming nos dispositivos dos usuários.
    • Apenas conexões seguras: permitir que os usuários usem somente conexões seguras (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Android Beam: permitir que os usuários enviem páginas da Web, imagens, vídeos ou outros conteúdos dos dispositivos deles para outro dispositivo usando NFC (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Gravação de áudio: permitir que os usuários gravem áudio usando os dispositivos deles (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Gravação de vídeo: permitir que os usuários gravem vídeo usando os dispositivos deles (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Serviços de localização: permitir que os usuários liguem o GPS nos dispositivos deles.
    • Limite por dia (MB): insira o número de MB de dados móveis que os usuários podem usar por dia. O padrão é 0, o que desativa esse recurso (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Limite por semana (MB): insira o número de MB de dados móveis que os usuários podem usar por semana. O padrão é 0, o que desativa esse recurso (MDM 4.0 e versões posteriores).
    • Limite por mês (MB): insira o número de MB de dados móveis que os usuários podem usar por mês. O padrão é 0, o que desativa esse recurso (MDM 4.0 e versões posteriores).
  • Permitir ações de USB permitir a conexão USB entre os dispositivos dos usuários e um computador.
    • Depuração: permitir a depuração sobre USB.
    • Armazenamento em host: permitir que os dispositivos dos usuários ajam como o host USB quando um dispositivo USB é conectado aos dispositivos deles. Em seguida, os dispositivos dos usuários fornecem energia ao dispositivo USB.
    • Armazenamento em massa: permitir a transferência de grandes arquivos de dados entre os dispositivos dos usuários e um computador sobre uma conexão USB.
    • Reprodutor de mídia Kies: permitir que os usuários usem a ferramenta Samsung Kies para sincronizar arquivos entre os dispositivos deles e um computador.
    • Tethering: permitir que os usuários compartilhem uma conexão de dados móvel com outro dispositivo usando uma conexão USB.

Configurações do Samsung KNOX

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

Essas opções estão disponíveis somente no Samsung KNOX Premium (KNOX 2.0).

  • Permitir o uso da câmera: permitir que os usuários usem a câmera nos dispositivos deles.
  • Permitir verificação de revogação: ativar a verificação de certificados revogados.
  • Mover aplicativos para o contêiner: permitir que os usuários movam aplicativos entre o contêiner KNOX e área pessoal nos dispositivos deles.
  • Impor a Autenticação Multifator: os usuários devem usar uma impressão digital e outro método de autenticação, como senha ou PIN, para abrir os dispositivos deles.
  • Ativar keystore TIMA: o KeyStore TIMA fornece o armazenamento seguro de chaves baseado em TrustZone para as chaves simétricas. Os pares de chaves e os certificados RSA são roteados para o provedor padrão de armazenamento de chaves para armazenamento.
  • Impor autenticação ao contêiner: usar uma autenticação separada e diferente daquela usada para desbloquear o dispositivo abrir o contêiner KNOX.
  • Lista de Compartilhamento: permitir que os usuários compartilhem conteúdo entre aplicativos na lista Compartilhar Via.
  • Ativar Log de Auditoria: permitir a criação de logs de auditoria de eventos para análise forense de um dispositivo.
  • Usar Teclado Seguro: forçar os usuários a usar um teclado seguro no contêiner KNOX.
  • Ativar Google Apps: permitir que os usuários baixem aplicativos do Google Mobile Services para o contêiner KNOX.
  • Autenticação do navegador com cartão inteligente: ativar a autenticação de navegador nos dispositivos equipados com um leitor de cartão inteligente.

Configurações do Windows Phone e do Windows Desktop/Tablet

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

  • Configurações de Wi-Fi
    • Permitir Wi-Fi: permitir que um dispositivo se conecte a uma rede Wi-Fi. Windows Phone somente.
    • Permitir compartilhamento de Internet: permitir que um dispositivo compartilhe a respectiva conexão com a Internet com outros dispositivos, transformando-o em um ponto de acesso Wi-Fi.
    • Permitir a conexão automática com pontos de acesso WiFi Sense: permitir que um dispositivo se conecte automaticamente a pontos de acesso WiFi Sense. Os serviços de localização devem estar ativados para que essa opção funcione. Para obter mais informações sobre o WiFi Sense, consulte as Perguntas frequentes do WiFi Sense do Windows Phone.
    • Permitir configuração manual: permitir que os usuários configurem manualmente as conexões Wi-Fi. Windows Phone somente.
  • Conectividade
    • Permitir NFC: permitir que o dispositivo se comunique com uma marca NFC (Comunicação a Curta Distância) ou outro dispositivo de transmissão com tecnologia NFC. Windows Phone somente.
    • Permitir bluetooth: permitir que o dispositivo se conecte por Bluetooth. Windows Phone somente.
    • Permitir VPN via celular: permitir que o dispositivo se conecte sobre VPN a uma rede celular.
    • Permitir VPN via celular em roaming: permitir que o dispositivo se conecte sobre VPN quando ele fizer roaming entre redes celulares.
    • Permitir conexão USB: permitir que uma área de trabalho acesse o armazenamento de um dispositivo usando uma conexão USB. Windows Phone somente.
    • Permitir roaming de dados celulares: permitir que os usuários usem dados celulares enquanto estiverem em roaming.
  • Contas
    • Permitir conexão de conta da Microsoft: permitir que o dispositivo use uma conta da Microsoft para autenticação e serviços de conexão não relacionados a email.
    • Permitir email não Microsoft: permitir que o usuário adicione contas de email que não são da Microsoft.
  • Pesquisar: somente Windows Phone.
    • Permitir que a pesquisa use localização: permitir que as pesquisas usem o serviço de localização do dispositivo.
    • Filtro de conteúdo adulto: permitir conteúdo adulto. O padrão é Desativado, o que significa que o conteúdo adulto não é filtrado.
    • Permitir que o Bing Vision armazene imagens: permitir que o Bing Vision armazene as imagens capturadas ao realizar pesquisas do Bing Vision.
  • Sistema
    • Permitir cartão de armazenamento: permitir que o dispositivo use um cartão de memória.
    • Telemetria: na lista, clique em uma opção para permitir ou restringir envio de informações de telemetria pelo dispositivo. O padrão é Permitido. Outras opções são Não permitido e Permitido, exceto para a solicitação de dados secundários.
    • Permitir serviços de localização: permitir os serviços de localização.
    • Permitir visualização de compilações internas: permitir que os usuários visualizem as compilações internas da Microsoft.
  • Câmera: Windows Desktop/Tablet somente
    • Permitir o uso da câmera: permitir que os usuários usem a câmera do respectivo dispositivo.
  • Bluetooth: Windows Desktop/Tablet somente
    • Permitir modo detectável: permitir que dispositivos Bluetooth encontrem o dispositivo local.
    • Nome do dispositivo local: um nome para o dispositivo local.
  • Segurança: Windows Phone somente
    • Permitir a instalação manual do certificado raiz: permitir que os usuários instalem manualmente um certificado raiz.
    • Exigir criptografia do dispositivo: exigir a criptografia do dispositivo. Observe que depois que a criptografia é ativada em um dispositivo, ela não pode ser desativada. O padrão é Off.
    • Permitir copiar e colar: permitir que os usuários copiem e colem dados nos dispositivos deles.
    • Permitir captura de tela: permitir que os usuários criem capturas de tela nos dispositivos deles.
    • Permitir gravação de voz: permitir que os usuários usem a gravação de voz nos dispositivos deles.
    • Permitir Salvar como para arquivos do Office: permitir que os usuários salvem arquivos do Office usando Salvar como.
    • Permitir notificações do centro de ação: permitir as notificações do Centro de Ação na tela de bloqueio do dispositivo.
    • Permitir Cortana: permitir que os usuários acessem o Cortana, o assistente pessoal inteligente e navegador de conhecimento.
    • Permitir a sincronização de configurações de dispositivo: permitir que os usuários sincronizem configurações entre dispositivos Windows Phone 8.1 quando estiverem em roaming.
  • Experiência: Windows Desktop/Tablet somente
    • Permitir Cortana: permitir que os usuários acessem o Cortana, o assistente pessoal inteligente e navegador de conhecimento.
    • Permitir descoberta do dispositivo: permitir a descoberta da rede do dispositivo.
    • Permitir registro manual no MDM: permitir que os usuários manualmente cancelam o registro de dispositivos no XenMobile MDM.
    • Permitir a sincronização de configurações de dispositivo: permitir que os usuários sincronizem configurações entre dispositivos Windows 10 quando estiverem em roaming.
  • Bloqueio acima: Windows Desktop/Tablet somente
    • Permitir notificações toast: permitir notificações na tela de bloqueio. Windows Desktop/Tablet somente
  • Aplicativos
    • Permitir o acesso à loja: permitir que os usuários acessem a Microsoft Store. Windows Phone somente.
    • Permitir desbloqueio do desenvolvedor: permitir que os usuários registrem os dispositivos deles com a Microsoft e desenvolvam ou instalem aplicativos que não estão na loja de aplicativos do Windows Phone. Windows Phone somente.
    • Permitir o acesso do navegador da Web: permitir o Internet Explorer no dispositivo. Windows Phone somente.
    • Permitir atualização automática da loja de aplicativos: permitir que os aplicativos da loja de aplicativos sejam atualizados automaticamente. Windows Desktop/Tablet somente.
  • Privacidade: Windows Desktop/Tablet somente
    • Permitir personalização de entrada: permitir que o serviço de personalização de entrada seja executado, para melhorar as entradas preditivas, como a caneta e o teclado de toque, com base no que o usuário digita.
  • Configurações: Windows Desktop/Tablet somente.
    • Permitir reprodução automática: permitir que os usuários alterem as configurações de reprodução automática.
    • Permitir o sensor de dados: permitir que os usuários alterem as configurações do Sensor de Dados.
    • Permitir data e hora: permitir que os usuários alterem as configurações de data e hora.
    • Permitir idioma: permitir que os usuários alterem as configurações de idioma.
    • Permitir energia e suspensão: permitir que os usuários alterem as configurações de energia e suspensão.
    • Permitir região: permitir que os usuários alterem as configurações de região.
    • Permitir opções de logon: permitir que os usuários alterem as configurações de entrada de login.
    • Permitir local de trabalho: permitir que os usuários alterem as configurações do local de trabalho.
    • Permitir a sua conta: permitir que os usuários alterem as configurações da conta.

Configurações do Amazon

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

  • Permitir controles de hardware
    • Redefinição de fábrica: permitir que os usuários realizem uma redefinição de fábrica nos dispositivos deles
    • Perfis: permitir que os usuários alterem o perfil de hardware nos dispositivos deles.
  • Permitir aplicativos
    • Aplicativos não Amazon Appstore: permitir que os usuários instalem aplicativos não Amazon Appstore nos dispositivos deles.
    • Redes sociais: permitir que os usuários acessem redes sociais nos dispositivos deles.
  • Rede
    • Bluetooth: permitir que os usuários usem Bluetooth.
    • Comutador de WiFi: permitir que os aplicativos alterem o estado da conectividade Wi-Fi.
    • Configurações de WiFi: permitir que os usuários alterem as configurações de Wi-Fi.
    • Dados celulares: permitir que os usuários usem a conexão celular deles para dados.
    • Dados de roaming: permitir que os usuários usem dados celulares enquanto estiverem em roaming.
    • Serviços de localização: permitir que os usuários usem GPS.
  • Ações USB:
    • Depuração: permitir que os dispositivos dos usuários se conectem por meio de USB a um computador para depuração.

Configurações do Windows Mobile/CE

Imagem da tela de configuração de Políticas de dispositivo

  • Bluetooth/feixe infravermelho (Obex): ativar o OBEX (protocolo OBjectEXchange) sobre Bluetooth ou infravermelho para trocar dados entre dispositivos.
  • Câmera: permitir a câmera nos dispositivos dos usuários.
  • Comutador de WiFi: permitir que os usuários alternem entre redes Wi-Fi.
  • Bluetooth: ativar Bluetooth nos dispositivos dos usuários.